Gravidez e viagem de avião combinam?

Data: 
quinta-feira, 1 Março, 2012 - 19:37
Gravidez e viagem de avião combinam?

Futuras mamães querem viajar, mas sentem-se receosas em relação à sua saúde e do seu bebê.

Quando se fala em gravidez, algumas pessoas aconselham distância de aviões. Mas será que voar realmente apresenta risco à gravidez?

Em depoimento à Vila Equilíbrio, a Dra. Daniella Castellotti, ginecologista da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, esclarece o mito: grávidas x avião. Ao contrário do que muitos pensam, não há evidências de que voar pode antecipar o trabalho de parto. “A princípio, não há problemas em viajar grávida, desde que a gravidez não seja considerada de risco. O recomendado é viajar até o oitavo mês. Depois disso, deve-se evitar”, afirma a especialista.

Embora viajar de avião não apresente riscos para a maioria das grávidas, alguns cuidados devem ser tomados. As mulheres que têm diabetes mal controlada, pressão alta ou síndrome da célula falciforme, por exemplo, não devem voar.

A ginecologista recomenda que as mulheres tomem água durante o vôo, caminhem pelo avião e usem meias elásticas em viagens com duração maior que duas horas. “A gravidez é propícia ao aparecimento da trombose e no avião os riscos são maiores”, conta Daniella.

Quaisquer planos de voar devem ser sempre discutidos com o obstetra. As companhias aéreas são zelosas com as grávidas e pedem uma autorização médica para liberar seu embarque.

Fonte - MBPress

Parceiros

     

 

Dra. Daniella S. Castellotti

CRM-SP 76.932

R: Groenlândia, 538 - Jd. América
01434-000 - São Paulo - SP
Tel. (11) 3051.8442

Fale Conosco