Novo Código de Ética Médica entra em vigor

Data: 
quinta-feira, 1 Março, 2012 - 20:15
Novo Código de Ética Médica entra em vigor

Novo Código de Ética Médica entrou em vigor dia 13.04.2010

Entrou em vigor no país o novo Código de Ética Médica (CEM). O documento é um conjunto de regras e princípios nos quais o profissional deve se basear para exercer a medicina. O último código havia sido publicado há 22 anos atrás.Leia os principais pontos do novo código relacionados à Reprodução Assistida.

O novo código torna os pacientes tão responsáveis pela escolha do tratamento clínico quanto os próprios médicos. Para isso, foi determinado que o profissional deve apresentar todas as possibilidades clínicas existentes – desde que comprovadas cientificamente – e deixar a escolha para o paciente. Desta forma, uma relação médico-paciente mais transparente, participativa e comprometida deve ser a conseqüência mais visível desta decisão.

Bioética: O médico não pode usar a medicina de reprodução assistida para criar embriões com o objetivo de escolher sexo ou para criar seres geneticamente modificados

Consentimento esclarecido: Antes de qualquer procedimento que será realizado, o paciente deve dar o seu consentimento (exceto em casos de risco iminente de morte).

Letra legível: Receitas e atestados médicos devem ser escritos com letra legível e devem ter a identificação do médico.

Condições de trabalho: O médico tem o direito de não exercer a medicina em locais inadequados.

Prontuário médico: Todos os pacientes têm direito a receber a cópia do prontuário médico.

Segunda opinião: O paciente tem direito a uma segunda opinião e a ser encaminhado a outro médico

Participação em propaganda: O médico não pode participar de propaganda.Para ler o código na íntegra clique no link abaixo:

http://www.portalmedico.org.br/novocodigo/integra.asp

Parceiros

     

 

Dra. Daniella S. Castellotti

CRM-SP 76.932

R: Groenlândia, 538 - Jd. América
01434-000 - São Paulo - SP
Tel. (11) 3051.8442

Fale Conosco